08/10/2020

Meditação facilita controle das interfaces cérebro-computador

Redação do Diário da Saúde
Meditação facilita controle das interfaces cérebro-computador
O grupo que treinou meditação em apenas oito aulas apresentou um controle da mente muito superior.
[Imagem: Carnegie Mellon University College of Engineering]

Interface cérebro-computador

Uma interface cérebro-computador é um aparelho que permite que uma pessoa controle uma máquina ou computador diretamente do seu cérebro.

Existem também meios de controle não-invasivos, como leituras de eletroencefalograma (EEG) feitas através do crânio, que são seguros e convenientes em comparação com métodos invasivos mais arriscados, que usam um implante cerebral.

O problema é que leva muito mais tempo para aprender a usar esses métodos não invasivos e, mesmo depois de muito treino, os usuários variam em proficiência - como em outras atividades, tem gente que fica craque na coisa, enquanto outros mal conseguem tirar proveito da interface.

A boa notícia é que a meditação ajuda as pessoas a aprender e melhorar sua capacidade de tirar proveito das interfaces cérebro-computador.

Controle da mente

O professor Bin He e alunos na Universidade Carnegie Mellon (EUA) realizaram um estudo em grande escala, matriculando voluntários em um curso de 8 semanas (uma aula por semana) em técnicas de meditação simples e amplamente praticadas, para testar o efeito da prática como uma ferramenta de treinamento potencial para o controle das interfaces neurais.

No total, 76 pessoas participaram deste experimento, cada uma sendo designada aleatoriamente para o grupo de meditação ou para o grupo de controle. Ao final, os dois grupos tentavam usar a interface cérebro-computador.

O grupo que praticou a meditação e o treinamento baseado na atenção plena demonstrou vantagens significativas em comparação com os voluntários sem nenhum treinamento prévio de meditação, tanto em sua capacidade inicial de controlar a interface cérebro-computador quanto no tempo que levaram para atingir a proficiência total.

Curiosamente, os pesquisadores descobriram que as diferenças na atividade cerebral entre os dois grupos da amostra correspondiam diretamente ao seu sucesso. O grupo de meditação mostrou capacidade significativamente aumentada de modular seu ritmo alfa, o padrão de atividade monitorado pela interface para controlar mentalmente o movimento de um cursor de computador.

"A meditação tem sido amplamente praticada para o bem-estar e melhorar a saúde. Nosso trabalho demonstra que ela também pode aumentar o poder mental de uma pessoa para o controle da mente e pode facilitar o amplo uso da tecnologia não-invasiva de interface cérebro-computador," concluiu Bin He.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Mindfulness Improves Brain-Computer Interface Performance by Increasing Control Over Neural Activity in the Alpha Band
Autores: James R Stieger, Stephen Engel, Haiteng Jiang, Christopher C Cline, Mary Jo Kreitzer, Bin He
Publicação: Cerebral Cortex
Vol.: bhaa234
DOI: 10.1093/cercor/bhaa234
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Meditação

Cérebro

Mente

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2020 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.