22/06/2022

Mulheres otimistas vivem mais que as pessimistas

Redação do Diário da Saúde
Mulheres otimistas vivem mais que as pessimistas
O otimismo melhora a saúde reduzindo o estresse. E a melhor notícia é que otimismo é uma habilidade que pode ser desenvolvida.
[Imagem: Anastasia Borisova/Pixabay]

Otimismo feminino

Se você ainda não se convenceu de que os otimistas vivem mais, esta nova pesquisa talvez possa convencer ao menos as mulheres.

Desta vez os pesquisadores trabalharam com um grupo racialmente diversificado de 159.255 mulheres.

Níveis mais altos de otimismo se mostraram associados a uma expectativa de vida mais longa e a uma maior probabilidade de viver além dos 90 anos de idade.

"Embora o otimismo em si possa ser modelado por fatores estruturais sociais, nossas descobertas sugerem que os benefícios do otimismo para a longevidade podem se estender a grupos raciais e étnicos," reforçou o professor Hayami Koga. "O otimismo pode ser um importante alvo de intervenção para a longevidade em diversos grupos."

A ligação entre otimismo e longevidade ficou evidente entre todos os grupos raciais e étnicos, um elemento importante levando em comparação que a maior parte dos estudos sobre o tema feitos até agora se basearam sobretudo em populações brancas de países ricos.

Além disso, os fatores de estilo de vida conseguiram explicar apenas cerca de um quarto da associação entre otimismo e expectativa de vida.

"A contribuição do estilo de vida para essas associações foi modesta. O otimismo pode promover a saúde e a longevidade em diversos grupos raciais e étnicos. Pesquisas futuras devem investigar essas associações em populações menos longevas," escreveu a equipe.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Optimism, lifestyle, and longevity in a racially diverse cohort of women
Autores: Hayami K. Koga, Claudia Trudel-Fitzgerald, Lewina O. Lee, Peter James, Candyce Kroenke, Lorena Garcia, Aladdin H. Shadyab, Elena Salmoirago-Blotcher, JoAnn E. Manson, Francine Grodstein, Laura D. Kubzansky
Publicação: Journal of the American Geriatrics Society
DOI: 10.1111/jgs.17897
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Emoções

Qualidade de Vida

Saúde da Mulher

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.