Remédio para doença celíaca a caminho do mercado

Remédio para doença celíaca a caminho do mercado
Biorreatores no interior dos quais bactérias produzem o novo medicamento.
[Imagem: TU Wien]

Neutralizando o glúten

Cientistas da Universidade de Viena (Áustria) desenvolveram um medicamento capaz de aliviar ou mesmo eliminar completamente os sintomas da doença celíaca.

A doença celíaca se expressa como uma hipersensibilidade ao glúten, uma proteína encontrada em cereais como trigo, cevada e centeio.

Embora esforços já estejam sendo feitos para tratar a doença celíaca, os medicamentos propostos interferem com o sistema imunológico. Portanto, os possíveis efeitos colaterais devem ser examinados com muito cuidado. Embora os estudos clínicos iniciais estejam em andamento, eles não levarão a um produto comercializável nos próximos anos.

Por essa razão, a equipe do professor Oliver Spadiut adotou uma abordagem totalmente. Em vez de desenvolver uma droga que interfira com o sistema imunológico, eles criaram um produto médico simples que ataca diretamente as moléculas do glúten para torná-las inofensivas ao organismo das pessoas sensíveis à substância.

Isso torna o processo de aprovação muito mais simples, o que significa que o produto deve estar disponível nas farmácias em dois ou três anos.

Biotecnologia

"Nossos corpos produzem anticorpos que se encaixam precisamente nos antígenos invasores, assim como uma chave em uma fechadura. Essa resposta imune torna esses antígenos inofensivos," explica Spadiut. "Se um novo fragmento de anticorpo é encontrado e produzido que se liga à molécula de glúten invasora e a bloqueia sem ativar o sistema imunológico, os sintomas da doença celíaca podem ser suprimidos."

Para fazer isso, a equipe reprogramou geneticamente algumas bactérias para que elas produzam exatamente o fragmento de anticorpo desejado.

"Isso demorou um bocado de tempo, mas agora desenvolvemos um processo que pode ser facilmente reproduzido, pode ser ampliado para aplicação industrial e oferece um rendimento muito bom do produto desejado," disse o pesquisador.

O projeto foi financiado pela SCIOTEC Diagnostic Technologies GmbH, que agora cuidará de colocar o novo produto médico no mercado.


Ver mais notícias sobre os temas:

Desenvolvimento de Medicamentos

Biotecnologia

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.