31/03/2012

Tumor é destruído em meia hora com campos magnéticos

Redação do Diário da Saúde
Tumor é destruído em meia hora com campos magnéticos
O cientista se diz extremamente otimista com a descoberta, mas salienta que serão necessários estudos com animais maiores antes que se possa considerar um teste em humanos.
[Imagem: UGA]

Cirurgia magnética

Usando nanopartículas e campos magnéticos, cientistas da Universidade da Geórgia (EUA) destruíram tumores cancerígenos em meia hora.

Os experimentos, realizados em camundongos, destruíram tumores de cabeça e pescoço, alguns dos tipos de câncer de mais difícil tratamento.

Avaliações posteriores não detectaram nenhum efeito colateral nos tecidos celulares ao redor dos tumores.

A descoberta foi publicada na revista Theranostics, que divulga um campo emergente de pesquisas no qual o diagnóstico e o tratamento podem ser feitos em um único passo - o termo é uma junção de therapy e diagnostics.

Hipertermia

O tratamento usa partículas microscópicas - as nanopartículas - de óxido de ferro, que sofrem um processo de hipertemia, um leve aquecimento, acima da temperatura normal do organismo.

O aquecimento é induzido por um campo magnético alternado, gerado por um aparelho externo.

Qun Zhao e seus colegas constataram que o tratamento destrói facilmente as células de tumores cancerosos que são compostas inteiramente de um tipo de tecido que cobre a superfície de um "corpo", chamado de epitélio.

Futuros passos

O cientista se diz extremamente otimista com a descoberta, mas salienta que serão necessários estudos com animais maiores antes que se possa considerar um teste em humanos.

Além disso, durante o experimento, a aplicação das nanopartículas - 0,5 mililitro, mais ou menos um décimo de uma colher de café - foi feita de forma intrusiva, por meio de uma cirurgia na cobaia.

A meta é utilizar nanopartículas biodegradáveis, que possam ser injetadas pela corrente sanguínea, algo que já vem sendo pesquisado por inúmeras equipes ao redor do mundo, na criação das chamadas drogas inteligentes.

Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Câncer

Nanotecnologia

Neurociências

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2020 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.