24/08/2021

Vitaminas K1 e K2 protegem saúde cardiovascular

Redação do Diário da Saúde
Vitaminas K1 e K2 protegem saúde cardiovascular
Será que você ingere vitamina K suficiente?
[Imagem: Wikipedia/Leo Michels]

Tipos de vitamina K

Pessoas que adotam uma dieta rica em vitamina K têm um risco até 34% menor de doenças cardiovasculares relacionadas à aterosclerose (condições que afetam o coração ou os vasos sanguíneos).

Essa constatação veio do exame dos dados de mais de 50.000 pessoas que participaram do programa da Dieta Dinamarquesa, Câncer e Saúde, que já dura 23 anos.

Existem dois tipos de vitamina K encontrados nos alimentos que comemos: A vitamina K1 vem principalmente de vegetais com folhas verdes e óleos vegetais, enquanto a vitamina K2 é encontrada na carne, ovos e alimentos fermentados, como queijo.

Os pesquisadores queriam saber se as pessoas que comeram mais alimentos contendo vitamina K teriam alterações no risco de doenças cardiovasculares, sobretudo o acúmulo de placas de gordura nos vasos sanguíneos.

As pessoas com maior ingestão de vitamina K1 apresentaram 21% menos probabilidade de serem hospitalizadas com doenças cardiovasculares relacionadas à aterosclerose.

Para a vitamina K2, o risco de ser hospitalizado foi 14% menor.

Diretrizes para vitamina K

O risco mais baixo de doenças cardiovasculares foi observado para todos os tipos de doenças cardíacas relacionadas à aterosclerose, particularmente para doença arterial periférica, que alcançou um risco 34% menor.

Os pesquisadores afirmam que esses resultados dão suporte a uma recomendação para consumir mais vitamina K como forma de proteção contra a aterosclerose e doenças cardiovasculares subsequentes.

"As diretrizes dietéticas atuais para o consumo de vitamina K geralmente são baseadas apenas na quantidade de vitamina K1 que uma pessoa deve consumir para garantir que seu sangue possa coagular," disse a Dra Nicola Bondonno, da Universidade Edith Cowan (Austrália). "No entanto, há evidências crescentes de que a ingestão de vitamina K acima das diretrizes atuais pode oferecer proteção adicional contra o desenvolvimento de outras doenças, como a aterosclerose. Embora mais pesquisas sejam necessárias para compreender totalmente o processo, acreditamos que a vitamina K funciona protegendo contra o acúmulo de cálcio nas principais artérias do corpo, que pode levar à calcificação vascular."

Checagem com artigo científico:

Artigo: Vitamin K Intake and Atherosclerotic Cardiovascular Disease in the Danish Diet Cancer and Health Study
Autores: Jamie W. Bellinge, Frederik Dalgaard, Kevin Murray, Emma Connolly, Lauren C. Blekkenhorst, Catherine P. Bondonno, Joshua R. Lewis, Marc Sim, Kevin D. Croft, Gunnar Gislason, Christian Torp-Pedersen, Anne Tjonneland, Kim Overvad, Jonathan M. Hodgson, Carl Schultz, Nicola P. Bondonno
Publicação: Journal of the American Heart Association
DOI: 10.1161/JAHA.120.020551
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Vitaminas

Coração

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.