24/05/2022

Anti-inflamatórios para dor lombar podem prolongar o problema

Com informações da New Scientist
Anti-inflamatórios para dor lombar podem prolongar o problema
Dor nas costas? Escolha entre Ioga, Tai Chi ou Qigong.
[Imagem: Annegret-Arlene/Pixabay]

Remédio que piora a doença

Dois medicamentos anti-inflamatórios comumente usados para dor nas costas podem na verdade piorar a condição a longo prazo.

Os medicamentos, chamados dexametasona e diclofenaco, podem interferir nos processos normais do corpo para curar o tecido lesionado, gerando uma piora na dor a longo prazo.

A dor lombar é uma das condições mais comuns em todo o mundo, com cerca de quatro em cada cinco pessoas experimentando a condição em algum momento de sua vida.

A grande dificuldade é que as causas da dor lombar geralmente não são claras. Alguns dos afetados apresentam uma protuberância externa em um dos discos da coluna que amortecem as vértebras - conhecido como disco escorregadio - mas muitas pessoas sem dor nas costas também têm essa protuberância.

Como os analgésicos opioides podem ser viciantes, os médicos podem prescrever medicamentos anti-inflamatórios. Isso porque a dor pode ser agravada pela inflamação, que é uma ativação de baixo grau das células imunes.

Inflamação para o bem

Luda Diatchenko e seus colegas da Universidade McGill (Canadá) investigaram 98 pacientes que desenvolveram dor lombar há pouco tempo. Os pesquisadores coletaram amostras de sangue e as analisaram para ver quais genes estavam ativos nas células imunes que circulavam no sangue.

Naqueles pacientes cuja dor diminuiu nos três meses posteriores, um tipo de célula imune inflamatória - os neutrófilos - apresentou níveis mais altos de atividade do que nas pessoas cuja dor persistiu. Isso sugere que algumas células inflamatórias podem ajudar as pessoas a superar a dor - um processo que pode ser interrompido se a pessoa tomar medicamentos anti-inflamatórios.

A equipe também descobriu que, em camundongos que sofreram uma lesão nas costas, o tratamento com anti-inflamatórios como dexametasona e diclofenaco aliviou a dor a curto prazo, mas levou a mais dor a longo prazo. Sem qualquer tratamento com drogas anti-inflamatórias, os animais também experimentaram dor a longo prazo se seus neutrófilos fossem mortos por injeções de um anticorpo.

"A inflamação é dolorosa, mas essa inflamação é necessária para que nosso corpo resolva a dor," disse Diatchenko.

Mas, para realmente ver se os medicamentos anti-inflamatórios fazem a dor nas costas persistir, será necessário realizar um estudo randomizado comparando diferentes tipos de analgésicos.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Acute inflammatory response via neutrophil activation protects against the development of chronic pain
Autores: Marc Parisien, Lucas V. Lima, Concetta Dagostino, Nehme El-Hachem, Gillian L. Drury, Audrey V. Grant, Jonathan Huising, Vivek Verma, Carolina B. Meloto, Jaqueline R. Silva, Gabrielle G. S. Dutra, Teodora Markova, Hong Dang, Philippe A. Tessier, Gary D. Slade, Andrea G. Nackley, Nader Ghasemlou, Jeffrey S. Mogil, Massimo Allegri, Luda Diatchenko
Publicação: Science Translational Medicine
Vol.: 14, Issue 644
DOI: 10.1126/scitranslmed.abj9954
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Dores Crônicas

Terapias Alternativas

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.