06/10/2021

Anticorpo de lhamas é nova esperança para tratamento da covid-19

Redação do Diário da Saúde
Anticorpo de lhamas é nova esperança para tratamento da covid-19
Além de serem facilmente produzidos em laboratório, os anticorpos de lhamas podem ser aplicados por spray nasal.
[Imagem: Jiandong Huo et al. - 10.1038/s41467-021-25480-z]

Lhama contra covid

Um tipo único de anticorpo minúsculo, produzido pelas lhamas, pode fornecer um novo tratamento de primeira linha contra a covid-19.

E os pesquisadores acreditam que esse "nanocorpo" poderá ser desenvolvido na forma um medicamento a ser aplicado na forma de um spray nasal.

Nos últimos anos, as pesquisas começaram a mostrar que esses anticorpos de lhamas poderiam oferecer uma proteção universal contra a gripe, graças a uma capacidade inusitada de encontrar vírus perigosos escondidos no corpo humano.

Agora, Jiandong Huo e seus colegas do Instituto Rosalind Franklin (Reino Unido) demonstraram que esses nanocorpos - uma forma menor e mais simples de anticorpo produzido pelas lhamas e camelos - podem atingir efetivamente o vírus SARS-CoV-2, que causa a covid-19.

Eles descobriram que essas pequenas moléculas, que podem ser produzidas em grandes quantidades em laboratório, reduziram significativamente os sinais da covid-19 quando administradas a modelos animais infectados.

Melhor que anticorpo humano

Os nanocorpos, que se ligam fortemente ao vírus SARS-CoV-2, neutralizando-o em cultura de células, podem fornecer uma alternativa mais barata e mais fácil de usar do que os anticorpos humanos obtidos de pacientes que se recuperaram de covid-19 - os anticorpos humanos têm sido um tratamento fundamental para casos graves durante a pandemia, mas normalmente precisam ser administrados por infusão no hospital.

"Os nanocorpos têm uma série de vantagens sobre os anticorpos humanos," disse o professor Ray Owens. "Eles são mais baratos de produzir e podem ser aplicados diretamente nas vias aéreas por meio de um nebulizador ou spray nasal, portanto, podem ser autoadministrados em casa, em vez de necessitarem de uma injeção. Isso pode ter benefícios em termos de facilidade de uso pelos pacientes, mas também leva o tratamento diretamente ao local da infecção no trato respiratório. "

Checagem com artigo científico:

Artigo: A potent SARS-CoV-2 neutralising nanobody shows therapeutic efficacy in the Syrian golden hamster model of COVID-19
Autores: Jiandong Huo, Halina Mikolajek, Audrey Le Bas, Jordan J. Clark, Parul Sharma, Anja Kipar, Joshua Dormon, Chelsea Norman, Miriam Weckener, Daniel K. Clare, Peter J. Harrison, Julia A. Tree, Karen R. Buttigieg, Francisco J. Salguero, Robert Watson, Daniel Knott, Oliver Carnell, Didier Ngabo, Michael J. Elmore, Susan Fotheringham, Adam Harding, Lucile Moynié, Philip N. Ward, Maud Dumoux, Tessa Prince, Yper Hall, Julian A. Hiscox, Andrew Owen, William James, Miles W. Carroll, James P. Stewart, James H. Naismith, Raymond J. Owens
Publicação: Nature Communications
Vol.: 12, Article number: 5469
DOI: 10.1038/s41467-021-25480-z
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Desenvolvimento de Medicamentos

Vírus

Epidemias

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.