30/01/2019

Aparelho dá curto-circuito na fome e faz perder peso

Redação do Diário da Saúde
Aparelho dá curto-circuito na fome e faz perder peso
O biochip é feito apenas com materiais seguros para uso no corpo humano.
[Imagem: 10.1038/s41467-018-07764-z]

Chip contra a fome

Um pequeno aparelho implantável e sem baterias é a mais nova esperança para enfrentar a obesidade e o sobrepeso.

Em testes de laboratório, o dispositivo ajudou cobaias a perderem quase 40% do peso corporal.

Medindo menos de 1 centímetro de diâmetro, o aparelho - que é implantável através de um procedimento pouco invasivo - usa os movimentos naturais do estômago para gerar impulsos elétricos suaves e transmiti-los rumo ao nervo vago, que interliga o cérebro e o estômago.

Essa leve estimulação leva o cérebro a pensar que o estômago está cheio depois de apenas alguns bocadinhos de comida.

"Os pulsos se correlacionam com os movimentos do estômago, reforçando a resposta natural para ajudar a controlar a ingestão de alimentos," explica o professor Xudong Wang, da Universidade de Wisconsin-Madison (EUA).

Ao contrário da ponte gástrica, ou bypass gastrointestinal, um tipo de cirurgia bariátrica que altera permanentemente a capacidade volumétrica do estômago, os efeitos do novo aparelho são reversíveis. Quando ele foi removido das cobaias, após 12 semanas, os ratos retomaram seus padrões normais de alimentação e o seu peso voltou ao normal.

Com os bons resultados, a equipe está avançando agora para testes em modelos animais maiores. Se essa etapa também for bem-sucedida, eles esperam caminhar para testes em humanos.

"Nossa expectativa é que o dispositivo seja mais eficaz e conveniente de usar do que outras tecnologias," disse Wang.


Ver mais notícias sobre os temas:

Biochips

Dietas e Emagrecimento

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.