06/04/2022

Descobertas células que permitem que segundo cérebro fale com o primeiro cérebro

Redação do Diário da Saúde
Descobertas células que permitem que
Alguns cientistas já defendem que o "cérebro intestinal" pode na verdade ser nosso primeiro cérebro.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Células enterocromafins

Como o "segundo cérebro" - o sistema nervoso entérico em nosso intestino - se comunica com nosso primeiro cérebro tem sido uma das questões mais desafiadoras enfrentadas pelos cientistas nos últimos anos.

E eles acabam de descobrir como células especializadas dentro do intestino, chamadas células enterocromafins, podem ser os envelopes portadores dessas mensagens.

"Dentro da parede intestinal existem células especializadas, chamadas células enterocromafins, que produzem e liberam hormônios e neurotransmissores em resposta a estímulos específicos que são ingeridos quando comemos.

"Essas células liberam a grande maioria da serotonina no corpo, de modo que nosso estudo descobriu uma pista importante sobre como a comida que ingerimos estimula a liberação de serotonina, que então atua nos nervos para se comunicar com o cérebro.

"Existe uma conexão direta entre os níveis de serotonina em nosso corpo e a depressão e como nos sentimos. Portanto, entender como as células enterocromafins do intestino se comunicam com o cérebro é de grande importância," disse o professor Nick Spencer, da Universidade Flinders (Austrália).

Como o segundo cérebro se comunica com o primeiro cérebro

A equipe fez a descoberta usando uma técnica de rastreamento neuronal desenvolvida por eles mesmos, e ainda não usada em nenhum outro laboratório do mundo, que permite ver as terminações nervosas sensoriais com clareza na parede intestinal.

A técnica permitiu ver que as células enterocromafins liberando substâncias por um processo de difusão, que então atua nos nervos sensoriais que se comunicam com o cérebro.

A equipe não conseguiu identificar nenhuma conexão física direta entre as células enterocromafins e as terminações nervosas sensoriais, ao contrário do que algumas teorias sugeriam.

"O intestino é o único órgão com seu próprio sistema nervoso, conhecido como Sistema Nervoso Entérico, ou segundo cérebro. Agora temos uma melhor compreensão de como o 'segundo cérebro' se comunica com o 'primeiro cérebro'," disse o professor Spencer.

Checagem com artigo científico:

Artigo: The gut-brain axis: spatial relationship between spinal afferent nerves and 5-HT-containing enterochromaffin cells in mucosa of mouse colon
Autores: Kelsi Nicole Dodds, Lee Travis, Melinda A. Kyloh, Lauren A. Jones, Damien John Keating, Nick J. Spencer
Publicação: American Journal of Physiology
DOI: 10.1152/ajpgi.00019.2022
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Neurociências

Cérebro

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.