19/02/2021

Hora de dormir e duração do sono sincronizam-se com fases da Lua

Redação do Diário da Saúde
Hora de dormir e duração do sono sincronizam-se com fases da Lua
Outro estudo recente mostrou que a sincronia dos ciclos menstruais com os ciclos da Lua varia com a idade.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Sono e fases da Lua

Nas noites antes da Lua Cheia, as pessoas vão para a cama mais tarde e dormem menos.

Pesquisadores observaram essas variações no tempo de início do sono e na duração do sono em ambientes urbanos e rurais - de comunidades indígenas no norte da Argentina a estudantes universitários em Seattle (EUA), uma cidade com mais de 750.000 habitantes.

Leandro Casiraghi e seus colegas da Universidade de Washington contam que os ciclos do sono nas pessoas oscilam durante o ciclo lunar de 29,5 dias: Nos dias que antecedem a Lua Cheia, as pessoas vão dormir mais tarde e dormem por períodos mais curtos.

Eles registraram essas mesmas oscilações independentemente do acesso de cada indivíduo à eletricidade, embora as variações sejam menos pronunciadas em indivíduos que vivem em ambientes urbanos.

Dependendo da comunidade, a quantidade total de sono variou ao longo do ciclo lunar em uma média de 46 a 58 minutos, e a hora de dormir oscilou em cerca de 30 minutos.

Para todas as três comunidades, em média, as pessoas tiveram os horários de dormir mais cedo e a menor quantidade de sono nas noites de três a cinco dias que antecederam a lua cheia.

O fato de o padrão ser tão onipresente pode indicar que nossos ritmos circadianos naturais - nossos relógios biológicos - estão de alguma forma sincronizados ou entrelaçados com as fases do ciclo lunar.

Hora de dormir e duração do sono sincronizam-se com fases da Lua
A sincronização do sono aos ciclos da Lua foi pronunciada e registrada em comunidades rurais e urbanas.
[Imagem: Leandro Casiraghi et al. - 10.1126/sciadv.abe0465]

Ciclos lunares e ciclos de sono

Se e como a Lua afeta nosso sono é uma questão controversa entre os cientistas. Alguns estudos indicam a existência dos efeitos lunares, apenas para serem contraditos por novos estudos feitos logo a seguir.

Casiraghi acredita que este seu trabalho mostra um padrão claro em parte porque a equipe empregou monitores de pulso para coletar dados de sono, ao contrário de diários de sono relatados por usuários ou outros métodos.

Mais importante, eles rastrearam indivíduos em ciclos lunares, o que ajudou a filtrar alguns dos "ruídos" nos dados causados por variações individuais nos padrões de sono e grandes diferenças nos padrões de sono entre pessoas com e sem acesso à eletricidade.

A equipe também encontrou uma segunda oscilação "semilunar" dos padrões de sono nas comunidades rurais, que parecem modular o ritmo lunar principal com um ciclo de 15 dias em torno das fases da lua Nova e Cheia. Este efeito semilunar foi menor e apenas perceptível nas duas comunidades rurais.

Casiraghi afirma que estudos futuros precisão, além de confirmar esse efeito semilunar, tentar verificar se os ritmos lunares são devidos apenas à luz da Lua ou também a outros efeitos, como o "puxão" gravitacional máximo da Lua nas luas Nova e Cheia, como acontece no caso da influência da Lua sobre os ciclos menstruais.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Moonstruck sleep: Synchronization of human sleep with the moon cycle under field conditions
Autores: Leandro Casiraghi, Ignacio Spiousas, Gideon P. Dunster, Kaitlyn McGlothlen, Eduardo Fernández-Duque, Claudia Valeggia, Horacio O. de la Iglesia
Publicação: Science Advances
Vol.: 7, no. 5, eabe0465
DOI: 10.1126/sciadv.abe0465
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Sono

Terapias Alternativas

Relacionamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.