20/02/2020

Proprietários de armas não são mais felizes e nem dormem melhor à noite

Redação do Diário da Saúde
Proprietários de armas não são mais felizes e nem dormem melhor à noite
Uma mudança radical, da guerra para a paz, pode começar com uma simples mudança da posição dos dedos.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Violência não traz felicidade

Se já lhe passou pela cabeça comprar uma arma para se sentir mais seguro e mais tranquilo, é melhor não se iludir.

Os resultados de uma pesquisa científica sobre o assunto contestam as alegações de grupos de interesse ligados aos armamentos sobre eventuais benefícios pessoais de possuir armas.

O que se constatou é que os proprietários de armas não têm nenhum ganho de tranquilidade e qualidade do sono em comparação com as pessoas que não têm armas.

A equipe do professor Terrence Hill, da Universidade do Arizona (EUA), constatou que os proprietários de armas e os que não possuem armas relatam os mesmos níveis de felicidade e de distúrbios do sono.

"É possível que um indivíduo seja confortado por sua arma e que sua arma possa torná-lo mais feliz e com menos medo, mas estamos descobrindo que isso não é tão comum que possa ser observável em nível populacional," disse Hill. "Estamos apenas dizendo que [as armas] podem não estar beneficiando a vida pessoal das pessoas da maneira que algumas pessoas afirmam."

O estudo foi baseado em uma análise de 27 anos de dados da Pesquisa Social Geral do Centro Nacional de Pesquisas de Opinião, coletados entre 1973 e 2018.

O casamento, não o revólver, traz felicidade

Embora os dados inicialmente parecessem apontar para uma relação positiva entre a posse de armas e a felicidade, essa relação desapareceu quando os pesquisadores levaram em consideração o estado civil dos entrevistados.

Acontece que os proprietários de armas eram mais propensos a se casar, e estar casado - e não ser proprietário de armas - estava gerando felicidade.

Quando os pesquisadores consideraram o estado civil e outras variáveis como raça, religião e educação em suas análises, tudo se equalizou, desaparecendo qualquer conexão entre o fato de possuir uma arma e o bem-estar - proprietários de armas e os que não possuíam armas apresentaram o mesmo nível geral de felicidade e qualidade do sono.

"Se as armas fazem as pessoas se sentirem seguras e protegidas, se estão empoderando, se estão contribuindo para sentimentos de prazer, então elas deveriam promover a felicidade, mas não encontramos nenhuma evidência disso. Isso põe em questão se esses são ou não sentimentos reais que os proprietários de armas têm, ou se são apenas parte da cultura de possuir uma arma," disse Hill.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Gun ownership and sleep disturbance
Autores: Terrence D.Hill, Benjamin Dowd-Arrow, Amy M.Burdette, LaurenHalec
Publicação: Preventive Medicine
DOI: 10.1016/j.ypmed.2020.105996

Ver mais notícias sobre os temas:

Violência

Felicidade

Espiritualidade

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.