Triclosan: Bactericida em produtos de higiene atrapalha tratamentos com antibióticos

Triclosan: Bactericida atrapalha tratamentos com antibióticos
Outros estudos indicam que o triclosan causa danos ao coração e aos músculos. Além de fazer parte da lista da ONU de produtos químicos que apresentam riscos à saúde, por causa dele recentemente os EUA tiraram sabonetes antibacterianos do mercado.
[Imagem: UC Davis]

Triclosan a favor das bactérias?

As gôndolas dos supermercados estão repletas de produtos que prometem matar bactérias, a maioria deles à base de triclosan.

Juntando mais evidência a uma série de alertas recentes sobre o produto, cientistas da Universidade de Washington (EUA) descobriram agora que essa substância química, que supostamente mata as bactérias, na verdade as torna mais fortes e mais capazes de sobreviver ao tratamento com antibióticos.

Petra Levin e seus colegas concluíram que a exposição ao triclosan pode levar as bactérias a um estado em que elas são capazes de tolerar concentrações normalmente letais de antibióticos.

O triclosan é o ingrediente ativo responsável pela propriedade antibacteriana em muitos produtos de higiene e limpeza. Ele está presente nas pastas de dentes, enxaguatórios bucais, cosméticos e até mesmo em roupas, brinquedos para bebês e cartões de crédito, com a intenção de reduzir ou prevenir o crescimento bacteriano.

"A fim de efetivamente matar as células bacterianas, o triclosan é adicionado aos produtos em altas concentrações," alerta a professora Levin.

Inibição dos antibióticos

O novo estudo, feito em camundongos, revela até que ponto a exposição ao triclosan limita a capacidade do organismo de responder ao tratamento com antibióticos para infecções do trato urinário.

"O triclosan aumentou substancialmente o número de células bacterianas sobreviventes," disse Levin. "Normalmente, uma em um milhão de células sobrevive aos antibióticos, e um sistema imunológico funcional pode controlá-las. Mas o triclosan está mudando essa relação. Em vez de apenas uma em um milhão de bactérias sobreviventes, um em 10 microrganismos sobreviveu após 20 horas. Assim, o sistema imunológico ficou sobrecarregado."

E o efeito não se limitou a nenhuma família de antibióticos. Na verdade, vários antibióticos que são considerados únicos na forma como matam as células bacterianas foram menos eficazes em matar as bactérias expostas ao triclosan.

Embora estudos clínicos sejam necessários para provar definitivamente que o triclosan está interferindo nos tratamentos com antibióticos em humanos, a pesquisadora ressalta: "Minha esperança é que este estudo sirva como um alerta que nos ajudará a repensar a importância dos antimicrobianos nos produtos de consumo".

O estudo foi publicado na revista Antimicrobial Agents & Chemotherapy.


Ver mais notícias sobre os temas:

Higiene Pessoal

Bactérias

Infecções

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.